Arquivo da categoria: mircea eliade

Druidismo – Xamanismo 2

Há um site onde se podem ler boas obras sobre xamanismo (embora um pouco datadas):

Internet Sacred Text Archive

É possível encontrar ali os textos sagrados dos cristãos, budistas, muçulmanos, judeus, parses, mitologia grega, romana, nórdica, céltica (com títulos como “The Faery Faith in Celtic Countries”, do Evans-Wentz, um “must”), Wicca, Thelema, Ufologia, etc., etc., etc. É uma lástima que não exista (até onde sei) nada tão abrangente em português.

Pois bem. Que é, afinal de contas, o tão falado xamanismo?

O xamanismo é classificado pelos antropólogos como um FENÔMENO ARCAICO MÁGICO-RELIGIOSO em que o xamã é o grande mestre do êxtase. O próprio Xamanismo foi definido por Mircea Eliade (Shamanism: Archaic Techniques of Ecstasy; Londres, Arkana, 1989) como uma técnica de êxtase. Um xamã pode demonstrar uma especialidade mágica particular (tal como o controle sobre o fogo, o vento ou o vôo mágico). Quando uma especialização está presente, a mais comum é a capacidade curadora. O caractere distintivo do xamanismo é seu foco no estado de transe extático em que se acredita que a alma do xamã deixe seu corpo e suba ao céu ou desça para dentro da terra (mundo inferior). O xamã utiliza espíritos auxiliares, com os quais ele se comunica, mantendo durante todo o tempo o controle sobre sua própria consciência. Ocorrem exemplos de possessão, porém são mais exceções do que regra. É também importante notar que, enquanto muitos xamãs nas sociedades tradicionais são homens, tanto homens quanto mulheres podem se tornar e tornam-se xamãs.

Bellouesus /|\

 

Anúncios